Esportes

Minas Gerais desponta para grandes resultados no poker online

Você sabia que há mineiros que estão entre os melhores do Brasil no poker? Mais do que isso, existem alguns do Estado de Minas Gerais que seguem carreiras milionárias através da internet jogando essa modalidade mundialmente conhecida.

Para se dar bem no poker, é preciso ter em mente alguns padrões básicos da modalidade que regem todo jogo. O lado teórico tem sido cada vez mais estudado, o que faz com que o nível de competição só aumente e sem precisar gastar um centavo — visto que é possível começar a jogar de maneira grátis. Em Minas Gerais, há cursos especializados, jogadores que se reúnem para discutir o jogo e uma comunidade que respira essa modalidade.

Entre os melhores mineiros no poker online, existem alguns que jogam por Uberlândia e que ajudam a fomentar ainda mais a prática do jogo no triângulo mineiro. Abaixo, separamos quem são os principais jogadores de poker online do Estado.

Henrique Coutinho (Belo Horizonte)

Nos dias atuais, o belo-horizontino Henrique Coutinho tem sido o grande destaque do poker mineira. Jogador ainda jovem, ele aparece entre os 50 melhores do mundo no poker online de acordo com o ranking atual.

Só do fato de estar entre os 50 melhores do mundo é algo impressionante, tendo em conta toda competitividade que rege o mundo do poker online. Além disso, o jogador tem uma carreira extremamente vitoriosa em termos financeiros na modalidade.

Henrique, que joga nas mesas online sob o apelido de “galochina10”, tem mais de US$ 1,3 milhão ganho na carreira de jogador de poker pela internet.

Número um de Minas Gerais no ranking brasileiro, Henrique ainda tem muito a crescer com seu potencial e tem talento para se tornar o próximo mineiro a ocupar a primeira colocação brasileira no ranking — atualmente em oitavo.

Eduardo Silva (Belo Horizonte)

Segundo no ranking de Minas Gerais, Eduardo Silva é outro jogador muito competente e com um histórico impressionante. Ainda mais veterano do que Henrique na modalidade, o jogador tem um nível de premiação maior (US$ 1,4 milhão) e ocupa a atual 13ª colocação no ranking brasileiro.

Eduardo também é um jogador que se destaca no poker sendo disputado ao vivo, ou seja, em torneios em espaço físico.

Jogando com o apelido de “Eduardo850”, o jogador é confiável em torneios ao vivo e no ano passado esteve entre os convocados para participar do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes (CBPE).

Representando o time mineiro, Eduardo foi um dos principais destaques da seleção do Estado, que apesar da participação positiva do jogador não terminou entre os 10 melhores do evento — vale ressaltar que o CBPE foi disputado em São Paulo, em junho, e teve 20 seleções competindo.

Pedro Madeira (Belo Horizonte)

Mais um de Belo Horizonte na lista, Pedro Madeira, conhecido como “gusma”, tem uma carreira pra lá de consolidada e beirando os US$ 5 milhões em premiação na sua trajetória online.

Com aproximadamente uma década de experiência no poker digital, em 2015 o jogador fez história ao chegar a estar entre os 20 melhores do mundo no ranking online.

Atualmente Pedro não tem mais o mesmo volume de torneios disputados como outrora, no entanto, ainda segue como um jogador temido no poker online e que aparece em terceiro no ranking mineiro.

Ele é certamente uma das referências do poker mineiro e deverá continuar com o mesmo status adentrando a nova década.

Peter Patrício (Belo Horizonte)

Outro jogador especialista no poker online que esteve presente com a seleção mineira no CBPE, Peter Patrício é um competidor respeitado entre a comunidade do poker e com resultados expressivos ao longo de toda sua trajetória.

Conhecido como “pitaoufmg”, o jogador acumula quase US$ 3 milhões ganhos em sua carreira como jogador profissional de poker online. O maior resultado do competidor de Belo Horizonte veio em um único torneio em que cravou US$ 109 mil.

No ano passado, Peter atingiu o auge de sua carreira como jogador de poker online, quando chegou ao ápice de número 77 do ranking mundial.

Hébert Lopes (Patos de Minas)

Primeiro jogador na lista fora da Região Metropolitana de Belo Horizonte a figurar entre os primeiros de Minas Gerais no poker online, Hébert é motivo de orgulho para a cidade de Patos de Minas.

O competidor atua nas mesas online com o codinome de “patosplayer” e já ganhou mais de US$ 1 milhão com os seus resultados expressivos. Em sexto no ranking mineiro de poker online, ele vive a melhor fase de sua carreira ao estar entre os 150 melhores do mundo.

Hébert é um jogador relativamente novo no cenário do poker mineiro e faz parte da nova geração de competidores que deve continuar rendendo ótimos resultados nos próximos anos.

Números impressionantes da consistência do poker online mineiro

Além de todos esses jogadores de muito destaque citados acima, há outros fatos que comprovam ainda mais o alto status do poker mineiro no cenário brasileiro.

O mais relevante é o fato de que, atualmente, são 18 jogadores de Minas Gerais que comparecem no top 100 do poker brasileiro online — segundo melhor Estado no quesito, atrás apenas de São Paulo.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.