Minas Gerais

Cemig investe mais de R$ 200 milhões para modernizar parque de medidores de energia 

Em duas iniciativas paralelas, cerca de 850 mil equipamentos estão sendo trocados por medidores mais modernos e tecnológicos.

Caso clientes da Cemig recebam a visita de técnicos da companhia, no intuito de trocar o medidor de energia instalado, saiba que a ação é legítima e faz parte dos serviços de rotina da empresa. E é importante saber que essa ação está sendo intensificada em 2022. Já foram trocadas quase 100 mil unidades do equipamento de janeiro a maio deste ano, e a Cemig ainda vai visitar mais 500 mil unidades consumidoras nos próximos meses, substituindo, ao todo, mais de 600 mil medidores de energia antigos por equipamentos mais modernos. A iniciativa acontece em toda a área de concessão da Cemig e deve se estender até o final de outubro. O objetivo da ação – cujo investimento é de cerca de R$ 50 milhões – é manter o parque de medidores renovado, com equipamentos modernos e que proporcionam benefícios para os clientes e para a companhia, como a agilidade e segurança do processo de medição e leitura, além de facilitar o acompanhamento por parte dos consumidores.

A substituição dos medidores está amparada pelo artigo 228 da resolução Aneel 1000, de 07/12/2021, que prevê que a distribuidora “é responsável por instalar, operar, manter e arcar com a responsabilidade técnica e financeira dos medidores e demais equipamentos de medição para fins de faturamento em unidade consumidora e em distribuidora a ela conectada”. Desta forma, somente na capital e na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) serão 120 mil equipamentos substituídos pela Cemig, totalizando um investimento na região de aproximadamente R$ 10 milhões por parte da companhia.

De acordo com Daniel Senna Guimarães, engenheiro da Cemig, todo medidor possui um tempo de vida útil. Por isso, a Cemig busca otimizar seus equipamentos, substituindo medidores antigos por aparelhos que utilizam tecnologia recente e que apresentam maior confiabilidade. “Uma das principais vantagens é que o novo medidor traz mais segurança na obtenção dos dados e agilidade aos leituristas na coleta de dados para o faturamento. Para o cliente, o equipamento moderno oferece mais facilidade no acompanhamento do consumo mensal”, explica.

250 mil Medidores Inteligentes

Em uma outra iniciativa, a Cemig também tem expandido seus investimentos nos chamados “medidores inteligentes”, no sentido de buscar uma maior eficiência operacional e o contínuo aprimoramento tecnológico de seus ativos. Desta forma, paralelamente à substituição dos medidores obsoletos por modelos modernos, a companhia também vem instalando, desde setembro do ano passado, esse tipo de equipamento em algumas unidades consumidoras da RMBH. Trata-se de um tipo de medidor que possui recursos diferenciados, que visam atender os clientes de forma mais eficiente.

A previsão é de que até a conclusão do projeto – prevista para o último trimestre deste ano – sejam instalados aproximadamente 250 mil medidores inteligentes, o que representa um investimento da ordem de aproximadamente R$ 155 milhões por parte da Cemig. Inicialmente, a iniciativa está restrita à RMBH, mas o projeto deve ser expandido para outras regiões da área de concessão da Cemig, de acordo com o plano de investimentos da companhia.

A principal diferença neste tipo de equipamento é a capacidade de envio de informações – como dados relativos ao consumo ou identificação de falta de energia, por exemplo – do medidor diretamente para a Cemig por meio de telemetria. É o que explica Daniel Senna: “Haverá aumento na qualidade do atendimento de serviço, principalmente na detecção de falta de energia. Outros benefícios são a monitoração mais efetiva na qualidade da energia e, futuramente, a possibilidade da disponibilização de dados de consumo para os nossos clientes com medição inteligente por meio dos canais digitais de atendimento, como o Cemig Atende Web e o aplicativo Cemig Atende”, comenta o especialista.

Já para a Cemig, os principais ganhos com a instalação dos medidores inteligentes são a melhoria nos atendimentos aos clientes, promovendo maior continuidade no fornecimento de energia; a eficientização de processos internos da companhia; a melhoria na qualidade do sistema elétrico de potência e o incremento no uso de fontes renováveis; além da redução de perdas e da otimização de custos operacionais.

Tem dúvidas em relação à visita dos técnicos? Veja como identificar os profissionais da Cemig

Para que a Cemig possa realizar este trabalho, é importante que o cliente libere o acesso dos técnicos da companhia ao medidor em sua residência. No entanto, a Cemig destaca que os clientes devem sempre estar atentos: apesar do objetivo da empresa ser modernizar o processo de leitura e facilitar o acompanhamento pelos consumidores, estelionatários podem se aproveitar dessa ação de troca dos medidores e tentar aplicar golpes alegando estar realizando este tipo de serviço, mas com o intuito de entrar nas casas utilizando o nome da companhia.

A Cemig alerta que nenhum colaborador da empresa está autorizado a cobrar por esse tipo de serviço ou solicitar qualquer documento ou dados bancários. A empresa recomenda que o morador exija sempre a identificação daqueles que se apresentam em nome da companhia. Todos os funcionários da Cemig ou de empreiteiras a serviço da companhia usam crachá de identificação e uniforme, além de veículo caracterizado como “A serviço da Cemig”. Também vale destacar que os clientes cujos medidores serão trocados podem entrar em contato com a companhia pelo telefone 116 para confirmar a legitimidade do serviço.

Fonte: CEMIG.

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Kw8glgN7LBV6viJLVheNmd

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.