Minas Gerais

MPMG e Polícia Militar cumprem mandados de busca contra suspeitos de receptarem e revenderem material elétrico furtado em Alpinópolis

Alvos da ação são sucateiros, empresas de ferro-velho e compradores suspeitos de receptarem fios e cabos de cobre e outros materiais utilizados em transformadores de alta-tensão e padrões de energia elétrica de estabelecimentos comerciais e propriedades rurais.

O Ministério Público de Minas Gerais, por meio da Promotoria de Justiça de Alpinópolis, no Sul do estado, com apoio da Polícia Militar, cumpre na manhã desta terça-feira, 2 de agosto, mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da comarca. Os mandados são cumpridos em Alpinópolis, São José da Barra e Guaxupé.

Segundo o promotor de Justiça Cristiano Cassiolato, um mandado foi cumprido em Guaxupé, outro em São José da Barra e seis alvos em Alpinópolis. Não houve prisão. O valor do material apreendido ainda não foi avaliado.

A operação é resultado de diversas ocorrências registradas pela PM em razão da prática de furto de padrões de energia, transformadores em zona rural e fiação elétrica.

Os alvos da ação são sucateiros, empresas de ferro-velho e compradores suspeitos de receptarem fios e cabos de cobre e outros materiais utilizados em transformadores de alta-tensão e padrões de energia elétrica de estabelecimentos comerciais e propriedades rurais.

Segundo apurado, a atividade criminosa consiste na destruição dos equipamentos elétricos, remoção da fiação e materiais, o que gera prejuízo a inúmeras propriedades urbanas e rurais. Os investigados receberiam os produtos furtados para descaracterizá-los e revenderem no exercício da atividade comercial.

Além da Promotoria de Justiça de Alpinópolis, participam da operação seis equipes da Polícia Militar.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/CruvAj6b2W7HKINFZ720d9

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.