Polícia

Avô é preso por abusar de duas netas em Montes Claros

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu um idoso, de 63 anos, suspeito de abusar sexualmente de duas netas, de 15 e 16 anos, em Montes Claros, no Norte do estado. Ele foi autuado em flagrante por importunação sexual. De acordo com as vítimas, os abusos teriam começado quando elas tinham 12 e 13 anos.

O idoso foi preso depois que a adolescente de 16 anos procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher para denunciá-lo. Ela contou que, quando tinha 12 anos, o avô tirou a virgindade e passou a ter relação sexual com ela com frequência. A irmã da adolescente, de 15 anos, também relatou abusos por parte do suspeito e disse que ele tirou a virgindade dela aos 13 anos.

A jovem de 16 anos explicou que foi motivada a procurar a Polícia Civil depois que percebeu que os abusos estavam acontecendo também com a sua irmã mais nova. “Cansada de sofrer calada, e ver as cenas se repetirem com minha irmã, resolvi quebrar o silêncio e comunicar as autoridades policiais”, disse a vítima.

De acordo com a delegada Karine Maia, o idoso foi autuado em flagrante com base no artigo 214-A do Código Penal, na última quarta-feira (23/3). “Ele praticou o crime de importunação sexual em desfavor da adolescente de 15 anos, que mora com ele. Quando a adolescente estava limpando a casa, ele apertou as nádegas dela”, contou a delegada.

A delegada informou ainda que a polícia vai ainda investigar se uma terceira neta do suspeito, de 16 anos, também foi molestada pelo avô. Além disso, a Polícia Civil vai apurar se outras pessoas estavam cientes dos abusos. “Vamos apurar agora se a mãe e a avó ocultavam o caso. Se elas sabiam e faziam de conta que não viam ou não”, finaliza Karine.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.