Região

Enfermeiros recebem capacitação para a coleta do exame de rastreamento do câncer do colo de útero em Pitangui

Enfermeiros que atuam na Atenção Primária de Pitangui participaram de uma capacitação na última
segunda, 18, sobre a coleta do exame citopatológico que é o método de rastreamento do câncer do colo do útero.
A ginecologista Dra. Natasha Muzel, apresentou informações e atualizações com relação ao assunto e
realizou uma roda de conversa com os profissionais de enfermagens. Além de expor técnicas adequadas para a coleta desse exame, a médica, também, esclareceu dúvidas dos participantes.
A coleta do exame citopatológico é um dos procedimentos mais rotineiros realizados nas unidades de saúde, PSF’s, quando assunto é promoção da saúde da mulher. Para se ter uma ideia, apenas em 2021, foram realizadas 1.115 exames. Essa grande demanda exige da Secretaria Municipal de Saúde uma capacitação e atualização dos profissionais de enfermagem para a realização da coleta de material para esse procedimento.
De acordo com as autoridades em saúde, as mulheres entre 25 e 64 anos devem fazer o exame preventivo do câncer do colo do útero a cada três anos, após dois exames anuais, consecutivos, ter dado negativo. Para mulheres com mais de 64 anos que nunca se submeteram ao exame, recomenda-se realizar dois exames com intervalo de 1 a três anos, no caso de resultado negativo, elas podem ser liberadas de novos exames visto que não há evidências sobre a efetividade do rastreamento após os 65 anos.
O câncer do colo do útero, também conhecido como câncer cervical, é um dos tumores mais frequentes
entre as mulheres. Está intimamente associado à infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano – HPV (chamados de tipos oncogênicos), podendo infectar pele e mucosas e é transmitido por meio da relação sexual.
Uma das principais estratégias de prevenção e controle do Câncer de Colo de Útero é a detecção precoce e o rastreamento por meio do exame citopatológico, o qual permite a identificação de lesões precursoras e lesões malignas em estádios iniciais, possibilitando a instituição de um tratamento mais efetivo. Daí o papel fundamental da Atenção Primária de Saúde.
É no posto, perto de casa, que o exame é coletado e os profissionais de enfermagem estão devidamente
capacitados para prestar um bom atendimento. O rastreamento realizado com o exame citopatológico está regulamentado nos serviços públicos de saúde do Brasil desde a década de 1990.
A orientação da Secretaria de Saúde de Pitangui é que as mulheres que têm entre 25 e 64 anos, e estão com seu preventivo atrasado, devem procurar, o mais rápido possível, o seu PSF para agendar o seu exame. Atendendo o que preconiza o Ministério da Saúde, outra orientação importante é vacinar as adolescentes, de 09 a 14 anos, contra o HPV. Meninos de 11 a 14 anos também podem receber a vacina que segundo o Instituto Nacional do Câncer é a forma mais segura de prevenção dessa doença.

Fonte: Prefeitura de Pitangui

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Ipn5sNVqaDc7WwATXAwFsF

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.