Região

Entra em vigor lei que concede o piso salarial nacional para os professores de Cláudio

Entrou em vigor na semana passada a Lei Complementar 152/2022, que garantiu o reajuste de 33,24% no vencimento básico dos profissionais do Magistério Público da Educação Básica da cidade de Cláudio. Com isso, está garantido o piso salarial nacional de R$ 3.845,63 para os professores da educação básica do município, que será pago a partir de 1º de janeiro, já que a lei é retroativa.

A Lei que garante o pagamento do piso salarial aos professores de Cláudio é oriunda do Projeto de Lei Complementar 14, enviado pelo prefeito Reginaldo Freitas (PSB) no início de abril à Câmara Municipal. A proposta foi aprovada por unanimidade.

De acordo com o prefeito, o pagamento do piso aos professore, “cumpre um dos compromissos da atual gestão com os cidadãos claudienses, de modo a concretizar os objetivos dispostos no Plano de Governo, notadamente no que tange à valorização dos profissionais da educação”.

Reginaldo Freitas, que em janeiro concedeu reposição salarial de 10,16% aos servidores do quadro geral, fez questão de destacar a importância da categoria na administração pública. “É por meio da colaboração dos servidores, recebendo os devidos incentivos, que a Administração poderá efetivar os compromissos com o cuidado às pessoas, o desenvolvimento responsável e a administração ética e transparente”, finalizou o prefeito.

Fonte: Sintram Centro Oeste/MG

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/JI7k7ziiWZU7Pox93fTMpL

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.