Região

Pitangui introduz “Professor Recuperador” para diminuir os impactos da pandemia no ensino da cidade

Um dos grandes desafios num mundo pós-pandemia é a educação. Com quase dois anos de escolas fechadas e com um ensino a distância precário, os reflexos na aprendizagem dos alunos, sobretudo os mais pobres, é afetada drasticamente. Segundo projeção da Organização dos Estados Ibero-americanos, OEI, a grave crise socioeconômica provocada pela pandemia de covid-19 vai representar um retrocesso educativo de oito a dez anos na América Latina.
Num cenário como esse é necessário colocar a educação no centro das discussões e buscar alternativas que diminuam os impactos causados pela pandemia. Em Pitangui a prefeitura introduziu, esse ano, a figura do professor recuperador.
Essa iniciativa foi implantada pela Secretaria Municipal de Educação depois de diagnosticar problemas de
aprendizado dentro da sala de aula. A figura do “professor recuperador” tem como objetivo oferecer
acompanhamento àqueles alunos que apresentem defasagem no ensino de forma acentuada. Atualmente, sete profissionais exercem essa função em Pitangui, assistindo as escolas Dr. José Lima Guimarães, Jorge Morato, Colégio Comercial Lima Guimarães e escolas da zona rural. Os alunos que necessitam desse apoio pedagógico têm, diariamente, de uma a duas horas de aula. Os atendimentos são realizados em pequenos grupos, principalmente em Língua Portuguesa (alfabetização) e Matemática. Cento e vinte alunos do ensino fundamental são beneficiados com essa iniciativa.
“A presença do professor recuperador nas escolas municipais se reveste da maior importância, permitindo que nossos alunos contornem possíveis obstáculos à sua aprendizagem e amparando-os no âmbito socioemocional_uma assistência de imediato pressentida e autorizada pela Prefeita Maria Lúcia Cardoso.”, comenta Maria Jose Valério Calderaro Teixeira – secretária municipal de educação.
Investimentos para possibilitar a implantação dessa iniciativa, bem como fortalecer a educação em Pitangui, a prefeita Maria Lúcia, que é pedagoga, ampliou o número de designações. Foram contratados novos professores, orientadores, serviçais entre outros profissionais de educação que reforçam o ensino na cidade.
Paralelo a isso vêm ocorrendo outras ações como as capacitações que atualizam e padronizam a condução do ensino em Pitangui. Outro investimento importante é na construção de escolas. Três novas unidades serão entregues no Tijuco, Coqueiros e Manoel de Souza. A prefeitura realizou, ainda, troca de mobiliário das escolas e distribuiu cerca de dois mil kit’s escolares (com mochila, caderno, lápis, régua e outros materiais) entregues gratuitamente a todos os alunos da rede municipal de ensino. “Estamos atendendo a educação como um todo. Do aluno ao prédio escolar. Investimos nos profissionais e na
estrutura do ensino, com isso estamos oferecendo melhores condições para o exercício do aprender em Pitangui. Os desafios são muitos, mas estamos nos desdobrando”, pontua a prefeita.

Fonte: Prefeitura de Pitangui

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/CruvAj6b2W7HKINFZ720d9

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.