Região

Postos de Saúde realizam testes rápidos em celebração ao mês de conscientização das Hepatites Virais em Formiga

Julho é o mês de conscientização das Hepatites Virais e a Secretaria Municipal de Saúde realiza testes rápidos para Hepatite B, Hepatite C, HIV e Sífilis em todos os postos de saúde. O cidadão deve procurar o PSF mais próximo de casa para mais informações e horário de testagem. Em 30 de julho haverá o Dia D de testagem no Complexo de saúde, de 08h às 12h.

Nos últimos anos os casos confirmados de hepatites virais têm diminuído em Formiga. Em 2018 foram 09 casos confirmados, em 2019 foram 10, seguindo em queda nos anos seguintes: 2020 teve 07 casos; 2021 foram 04 e 2022 são 03 até o momento.

O dia mundial da luta contra as hepatites virais é 28 de julho. As hepatites virais são doenças causadas por diferentes vírus, com características epidemiológicas, clínicas e laboratoriais distintas. Possuem distribuição universal e são observadas diferenças regionais de acordo com o agente etiológico.

As hepatites virais A e E são transmitidas pela via fecal-oral e estão relacionadas às condições de saneamento básico, higiene pessoal, relação sexual desprotegida (contato boca-ânus), e qualidade da água e dos alimentos. As hepatites virais B, C e D são transmitidas pelo sangue (via parenteral, percutânea e vertical), esperma e secreção vaginal (via sexual).

A transmissão pode ocorrer pelo compartilhamento de objetos contaminados, como lâminas de barbear e de depilar, escovas de dente, alicates e acessórios de manicure e pedicure, materiais para colocação de piercing e para confecção de tatuagens, materiais para escarificação da pele para rituais, instrumentos para uso de substâncias injetáveis, inaláveis (cocaína) e pipadas (crack).

Pode ocorrer a transmissão também em acidentes com exposição a material biológico, procedimentos cirúrgicos, odontológicos, hemodiálise, transfusão, endoscopia, entre outros, quando as normas de biossegurança não são aplicadas. A transmissão vertical pode ocorrer no momento do parto. O risco é maior para hepatite B, ocorrendo em 70 a 90% dos casos cujas gestantes apresentam replicação viral. Na hepatite C, a transmissão vertical é menos frequente.

Fonte: Prefeitura de Formiga

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Ipn5sNVqaDc7WwATXAwFsF

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.