Região

Revisão salarial para servidores municipais de Conceição do Pará fica acima da inflação

Na Câmara Municipal, servidores conquistaram ganho real de 5%.

Desde o início do ano já está em vigor as revisões salariais para os servidores municipais da Prefeitura de Conceição do Pará. O prefeito José Cassimiro Rodrigues (MDB) concedeu 11% na revisão, possibilitando um leve ganho real de 0,84%. Já a Mesa Diretora da Câmara Municipal da cidade foi mais generosa e concedeu 15,16%, sendo 5% de ganho real para os servidores do Legislativo.

Além da revisão para os servidores da Prefeitura e da Câmara, também foi concedida a recomposição salarial de 10,16% para secretários municipais e diretores de departamentos, como também o mesmo índice foi aplicado na correção salarial dos vereadores. Já o prefeito José Cassimiro e o vice Adão Marcelino de Lacerda (MDB), não tiveram aumentos de salários esse ano.

As correções salariais concedidas a servidores e agentes políticos de Conceição do Pará foram concedidas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado em 2021. O índice é calculado pelo Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística.

Veja as leis que garantiram as correções salariais no município.

Lei 1.124/2022 – Secretários e diretores – 10,16%

Lei 1.122/2022 – Servidores municipais – 11%

Lei 1.121/2022 – Vereadores – 10,16%

Lei 1.120/2022 – Servidores da Câmara Municipal 15,16%, ganho real de 5%

Vinte municípios da base do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e Região Centro-Oeste (Sintram) já concederam a revisão salarial de 2022 aos seus servidores. O menor índice foi concedido por Araújos, 8%, enquanto a maior revisão foi verificada em São Sebastião do Oeste, com 14%. Além de São Sebastião do Oeste, também concederam ganho real aos servidores as Prefeituras de Lagoa da Prata (12%), Luz (12,5%), Igaratinga (12%) e Perdigão e São Gonçalo do Para (11%).

Divinópolis e Carmo da Mata concederam recomposição de 9,63%. Nestas duas cidades, a legislação define como índice a ser aplicado na revisão salarial o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), da Fundação Ipead, Instituto de Pesquisas econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais.

Divinópolis foi o único município a parcelar a revisão. A Prefeitura concedeu 5% na folha de fevereiro e mais 4,63% a partir de março. Entretanto, a Prefeitura não pagou a revisão nos meses de março e abril, sendo 4,63% aplicados a partir da folha de março.

Nos meses de março e abril, a Prefeitura não pagou a revisão de 4,63%. Conforme estabelece o Decreto 14.879/22, assinado no dia 15 de fevereiro pelo Prefeito Gleidson Azevedo (PSC) as duas parcelas da revisão (março e abril) serão pagas na folha de junho, gerando um acréscimo de 9,26% no pagamento do mês. A partir da folha de agosto, os servidores passam a receber a revisão normal de 9,63%.

Veja os municípios da base do Sintram que concederam a revisão salarial em 2022

Araújos – 8%
São Sebastião do Oeste – 14%
Bom Despacho – 10,06%
Lagoa da Prata – 12%
Luz – 12,5%
Igaratinga – 12%
Bambuí – 9,63%
Pequi – 10%
Moema – 10.67%
Cláudio – 10,16%
Carmo do Cajuru – 10,16%
São Gonçalo do Pará- 10,16%
Santo Antônio do Monte – 10,16%
Itapecerica – 10,16%
Córrego Danta – 10,16%
Carmo da Mata – 9,63%
Iguatama – 10,16%
São José da Varginha – 10,16%
Perdigão – 11%
Conceição do Pará – 11%

Fonte – Comunicação Sintram

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/HNKrVzu3YVh4MmiMDU2H4h

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.