Saúde

CSSJD reformula processos na pediatria proporcionando mais atendimentos aos pequenos pacientes

A Pediatria do Complexo de Saúde São João de Deus – CSSJD, desde o último ano, tem reformulado novos protocolos e recebido inovações tecnológicas, que buscam reduzir o tempo de internação das crianças, proporcionando atendimentos ainda mais eficientes.

Após a implementação desses processos, neste ano de 2022, já foi possível identificar diversas melhorias como por exemplo, a média de permanência dos pacientes, que entre janeiro e maio de 2021 estava em 5,27 dias, e no mesmo período deste ano, reduziu para 4,10 dias, uma queda de 22%. 

Além disso, houve um aumento de 42,8% no giro de leitos que passou de 3,83 pacientes/mês, entre janeiro e maio de 2021, para 5,47 pacientes/mês neste mesmo período de 2022, o que significa maior número de pacientes atendidos.
 
Consequentemente, estes números refletiram também na média de internações do setor, que passou de 96,6 para 126,8 internações/mês, ou seja, um aumento de 31% na média de internações da Pediatria. Segundo a Médica Coordenadora da Pediatria, Dra. Viviane Magalhães, o ambiente hospitalar pode trazer estresse, ansiedade e medo para a criança. Por isso, reduzir o tempo de internação deles é essencial para o tratamento. “Estamos implantando protocolos para que os pacientes e os pais não permaneçam muito em um ambiente hospitalar. O conforto da casa é muito importante para a melhora da criança, então os nossos protocolos estão sendo implementados com esse objetivo”, acrescentou. 

Inovações Tecnológicas 

Além dos novos processos, a Pediatria também está recebendo inovações tecnológicas, como a aquisição de um aparelho de fototerapia mais moderno, chamado Bili Sky. O equipamento tem sido utilizado para a melhora do quadro de icterícia neonatal, acelerando a melhora do quadro de saúde da criança e evitando complicações. “Por exemplo, já tivemos casos que se não tivéssemos essa fototerapia, a criança teria que passar por um procedimento de exsanguineotransfusão, que é um procedimento que tem riscos, que é realizado e depois a criança tem que ficar em terapia intensiva. Então é um procedimento arriscado. Devido a aquisição desse equipamento, já evitamos alguns casos de procedimentos como esses”, explicou Dra. Viviane.

Residência em Pediatria

Além do investimento em equipamentos e dos novos protocolos, a formação profissional dos residentes também é uma preocupação. Por meio das aulas teóricas, os residentes conhecem um pouco mais da pediatria, da evolução natural das doenças e dos cuidados com os pequenos pacientes.

Os treinamentos também fazem parte desse processo de formação dos profissionais médicos, abordando diversos temas, que vão desde o uso das habilidades e características no atendimento ao público, até o posicionamento de imagem estratégica. “A questão de você ter uma imagem que transmite segurança e autoridade, traz para a família um conforto de saber que o filho está sendo bem assistido e está em boas mãos”, acrescentou a Médica Pediatra.

O Complexo de Saúde São João de Deus segue investindo cada vez mais para melhor atender a todos os nossos pequenos pacientes e seus pais, colocando-os como o centro do cuidado.

Fonte: Complexo de Saúde São João de Deus

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Ipn5sNVqaDc7WwATXAwFsF

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.