Turismo

As melhores ruas para fazer compras em Salvador

Conexão123 prepara guia com os melhores lugares para fazer compras em Salvador.

O som dos tambores, o casario barroco e as ladeiras e vielas do centro histórico são as primeiras imagens que vêm à mente quando pensamos em Salvador, capital da Bahia. E fazer compras também faz parte de qualquer roteiro turístico interessante pela metrópole soteropolitana.

Em Salvador, o viajante vai visitar desde mercados centenários, onde são encontrados todos os sabores, aromas e texturas típicos da Bahia, até lojas instaladas em construções históricas, onde se pode comprar obras de arte, artesanato, souvenirs, lembranças de viagem, entre muitos outros artigos.

O Conexão123, plataforma de experiências de viagens da 123milhas, maior e-commerce de turismo do Brasil, separou três dicas de lugares para fazer compras durante sua estada em Salvador.

Apoena (Galeria de Arte Sacra e Indígena) – Pelourinho

O Largo Terreiro de Jesus acolhe uma importante galeria de arte sacra e indígena, com obras de grandes artesãos nordestinos, como Carolina Leão, Patrícia Barros e Mestre JC.

No coração do bairro do Pelourinho, ou Pelô, como é carinhosamente conhecido, a Galeria Apoena vende em suas prateleiras itens que vão de roupas a quadros, além de artigos religiosos. Das janelas do espaço cultural, é possível admirar a linda vista dos largos Terreiro de Jesus e Cruzeiro de São Francisco.

O bairro Pelourinho abriga ruas de paralelepípedos, lojas de souvenirs e praças | Foto: Fábio Marconi

A parte térrea do local é dominada pelas artes sacras. Os visitantes podem comprar itens como esculturas de santos em diversos tamanhos, pinturas com símbolos religiosos e camisetas de estampas vivas e coloridas fazem parte desse acervo.

Já o primeiro andar contempla a produção indígena de várias partes do Brasil. Desde as criações de Élon Brasil e Moitará, com quadros e cestos bordados, aos jarros de palha do artista José Kuripako.

O estabelecimento funciona todos os dias, das 10h às 18h, e fica situado no Largo Terreiro de Jesus, 21/185. Para ir até lá de transporte público, essas linhas de ônibus param perto do Pelourinho: 012503, 0310, 1060, 1143, 1628, 822.

Feira de São Joaquim – Água de Meninos

Para se sentir um verdadeiro morador soteropolitano, uma visita à Feira de São Joaquim é imprescindível. Ela é considerada a maior feira livre da cidade baiana e é conhecida pela grande diversidade de produtos, com preços baixos e bem justos.

Na Cidade Baixa, entre a Avenida Engenheiro Oscar Pontes e a Baía de Todos os Santos, o lugar conta com artigos religiosos, cestos e bolsas de palha, frutas frescas, artesanatos de barro, especiarias e ingredientes típicos da região, como camarão fresco e cuscuz.

Por lá, passear pelas vielas é encontrar com um pouco de tudo que a Bahia tem a oferecer. Os corredores que formam a feira dão a sensação de se estar num labirinto, o que propicia um verdadeiro mergulho na alma da cultura baiana.

Inclusive, o turista pode comer nos bares e restaurantes nos arredores. Localizados em uma pequena orla, os restaurantes da parte revitalizada da feira são imperdíveis, com cardápios que contemplam feijoada, moqueca, mocotó, pititinga e outras delícias.

Mas atenção, pois é preciso chegar cedo para garantir onde sentar durante o almoço! As mesas e cadeiras de frente para o mar são muito disputadas. Esse cenário também rende registros incríveis para os turistas.

Ali perto, no píer, todo domingo é dia de Samba da Feira. A partir das 10h, a batucada começa, com entrada gratuita e aquele swing animado que só a Bahia tem.

Para chegar lá, há a possibilidade de usar o transporte público. As linhas de ônibus a seguir têm rotas que passam perto da Feira de São Joaquim: 0728, 1303, 1339, 1505, 1614. Como fica próxima dos principais pontos turísticos de Salvador, outra opção é ir de táxi ou carro de aplicativo.

A Feira de São Joaquim é considerada a maior feira livre de Salvador | Foto: Amanda Oliveira

O visitante vai conhecer um ambiente muito frequentado pelos próprios residentes, o que traz uma experiência de imersão cultural rica e especial. Portanto, o viajante deve ir preparado para ver de tudo um pouco e pechinchar bastante.

O funcionamento da feira é das 6h às 17h, todos os dias.

Mercado Modelo – Comércio

O Mercado Modelo é parada obrigatória e símbolo da cidade. No local, pode-se encontrar o verdadeiro tempero baiano nas comidas, produtos artesanais, lembranças da Bahia e itens oriundos do estado nas suas mais de 260 lojas.

Se a intenção for comprar artesanato, não deixe de visitar A Baianinha, o Depósito da Irandir e a Bahia Morena. A Galeria Oxossi e a Made in Brazil, por sua vez, vendem roupas e acessórios de moda.

Situado no Centro Histórico da capital baiana, o mercado surgiu em 1912 para abastecer a Cidade Baixa, mas, em 1971, passou a ocupar o prédio atual, na Praça Visconde de Cayru, antiga Alfândega de Salvador. A construção em estilo neoclássico, datada de 1861, foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Aos viajantes que buscam a tão apreciada lembrancinha dos destinos que visitam, o espaço oferece opções de bijuterias, bolsas, camisetas e bebidas. Como este é um ponto muito procurado por turistas, que buscam adquirir os souvenirs da viagem, a regra por lá é pechinchar para fugir dos altos preços praticados pelos lojistas.

O Mercado Modelo, em Salvador, integra uma intensa variedade de artigos e produtos regionais | Foto: Site Mercado Modelo

Já o último andar do edifício é agraciado pela culinária baiana. O restaurante Maria de São Pedro, por exemplo, dispõe de uma linda vista para a Baía de Todos os Santos. Além disso, existem outras alternativas de lugares para comer, como bares, lanchonetes e cantinas.

O ponto turístico abre de segunda a sábado, das 9h às 18h, e aos domingos, das 9h às 14h. Está situado na Praça Visconde de Cayru, s/n – Comércio.

Onde se hospedar em Salvador

Para apreciar de pertinho todos os encantos da capital baiana e também visitar os lugares onde fazer compras em Salvador, o ideal é buscar hospedagens perto dos pontos turísticos.

Uma alternativa de onde se hospedar em Salvador é o Novotel Salvador Rio Vermelho. A acomodação oferece conforto e comodidades incríveis, entre elas academia, piscina, lavanderia, estacionamento, internet e restaurante. Além do mais, a localização é excelente, próximo à Vila Caramuru, ao Largo da Mariquita e ao bairro Pelourinho.

Já o Gran Hotel Stella Maris Resort & Conventions é um resort urbano com ótimo serviço de lazer e entretenimento. Academia, internet, spa, piscina, estacionamento, lavanderia e restaurante integram a infraestrutura da hospedagem. Os hóspedes podem desfrutar todos os dias de um delicioso café da manhã. Aproveite e descubra mais opções de onde ficar em Salvador.

Salvador possui muitas opções de comércio

Fonte: 123milhas

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Ipn5sNVqaDc7WwATXAwFsF

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.