Turismo

Como fazer um planejamento financeiro para viajar

Conexão123 preparou um guia com as melhores dicas para seu roteiro não sair do orçamento.

Um bom roteiro normalmente inclui transporte, hospedagem, alimentação, passeios e compras. Além disso, é essencial ter uma quantia guardada para casos de emergência. Para ajudar nos preparativos financeiros, o Conexão123, plataforma de experiências de viagem da 123milhas, maior e-commerce de turismo do Brasil, preparou um guia em cinco passos com as melhores sugestões para seu tour não sair do orçamento!

Antes de arrumar as malas, é importante parar e refletir sobre alguns pontos básicos envolvendo os gastos de viagem. O primeiro deles é guardar uma quantia suficiente para atender às suas necessidades e, então, fazer uma análise dos custos. Confira os demais detalhes a seguir.

Faça um diagnóstico das suas finanças

Bateu aquela vontade de viajar, mas a sua situação financeira não está das melhores? Nada que uma planilha de controle não possa ajudar. Monitorar sua receita e realizar um balanço de gastos é um exercício importante também no cotidiano.

Quanto maior o conhecimento que você tem do seu orçamento, mais fácil é definir quais serão as próximas etapas. Estipule suas prioridades e descubra onde você pode cortar gastos para poupar. É recomendável que essas economias girem em torno de 10% da renda total, mas, se não conseguir, comece com menos.

Calcule os custos de viagem de acordo com o destino

Após organizar suas metas de controle financeiro, é preciso estudar os custos básicos: passagem aérea, hospedagem e alimentação. Acompanhar com antecedência as datas dos voos e os valores médios dos tíquetes aéreos também é essencial na hora de planejar uma viagem perfeita gastando pouco.

Encontrar a hospedagem ideal também faz muita diferença e define como será o passeio. Ficar mais próximo à área central do destino? Viagem em família? Uma experiência romântica ao lado da pessoa amada?

Atenha-se a esses detalhes e defina qual tipo de infraestrutura é essencial. Um casal com criança, por exemplo, precisa de um hotel que tenha áreas de lazer e um ambiente seguro.

Em seguida, estude um pouco sobre o cenário gastronômico da região. A internet é um facilitador maravilhoso para acessar cardápios e saber preços. Nessa etapa, você precisa definir se deseja conhecer restaurantes típicos, sofisticados, internacionais ou baratinhos.

Não se esqueça de descobrir, também, os valores de passeios e ingressos de onde pretende visitar. O indicado é incluir uma quantia extra na conta, pois muitas atrações não atualizam os preços online e existe ainda a possibilidade de você e sua família descobrirem algo novo para fazer durante o roteiro.

Defina data e duração da viagem

Depois de estudar o turismo local e os preços, está na hora de bater o martelo e definir a data e a duração da jornada.

É normal dar aquela vontade de estender o cronograma e passar mais tempo no destino. Porém, fique atento às finanças e tome cuidado para não fugir da sua programação. Lembre-se de que, quanto mais tempo você fica fora de casa, mais aumentam os gastos com hospedagem, alimentação, transporte, entre outras despesas.

Separe uma quantia para as lembrancinhas e souvenirs

Outro ponto importante, e que deve ser levado em consideração, são as comprinhas. Viajar e trazer para parentes e amigos lembranças típicas, como aquela clássica camiseta de “fui em tal destino e lembrei de você”, já é uma tradição.

Então, tenha em mente quanto é possível gastar com souvenirs e também coloque o valor estipulado na planilha, assim você não perde o controle. Uma dica é utilizar dinheiro vivo para essas aquisições, pois, assim, você tem uma noção maior de quanto está gastando.

Acompanhe seus gastos enquanto viaja

É claro que, durante o passeio, buscamos ter o máximo de tempo livre e o mínimo de preocupações. O que não quer dizer que devemos desapegar do acompanhamento financeiro enquanto estamos viajando. Leve um caderninho ou faça as anotações dos gastos no celular mesmo, mas não deixe de manter os registros.

Existem alguns apps que ajudam a simplificar a tarefa de controlar as finanças durante essas ocasiões. As ferramentas auxiliam ainda na hora de converter moedas e fazer a divisão das contas entre os integrantes do grupo, caso esteja passeando com os amigos.

Fonte: 123 Milhas

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Kw8glgN7LBV6viJLVheNmd

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.