Turismo

Em um ano, índice de atividades turísticas cresce 29,1% no Brasil

Os dados de janeiro de 2022 foram 1,1% maior do que dezembro de 2021, impulsionados pelos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e pelo Distrito Federal.

Na comparação entre os meses de janeiro de 2022 e de janeiro 2021, o índice de volume de atividades turísticas no Brasil cresceu 29,1%. O percentual, divulgado nesta quarta-feira (16.03) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é três vezes maior do que o registrado no mesmo período por todo o setor de serviço (9,5%). Segundo o estudo, o número foi impulsionado, principalmente, pelos segmentos de transportes aéreo e rodoviário coletivo de passageiros, hotéis, restaurantes e locação de automóveis.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, o índice é mais um indicativo de que o setor segue retomando suas atividades. “O nosso governo trabalhou e continuará trabalhando para que este setor continue passando por esta pandemia com todo o apoio possível. Falta pouco para chegarmos aos índices pré-pandemia, mas não descansaremos enquanto esse dado não for ultrapassado. Seguiremos trabalhando por um turismo forte”, pontuou o ministro.

Quando analisado por estado, Minas Gerais (49%) e Rio Grande do Sul (40,8%) aparecem no topo dos que mais avançaram. Na sequência, aparecem São Paulo (38,9%), Bahia (21,2%) e Rio de Janeiro (12,6%). Apesar dos altos índices, quando comparados com o mesmo período dos últimos anos, o turismo baiano (-3,9%) e o mineiro (-2,4%) tiveram queda em relação a dezembro de 2021. Já o Brasil cresceu 1,1%, oitava taxa positiva nos últimos nove meses.

Em 2021, o Brasil encerrou o ano com alta de 21,1% no Índice de Atividades Turísticas, confirmando a tendência de recuperação do setor. Dados que refletem a movimentação de turistas no Brasil corroboram as perspectivas de recuperação do setor. Ao longo de 2021, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), por exemplo, mais de 62,5 milhões de pessoas foram transportadas nos aeroportos do país, número que representa um crescimento de 20,4% na comparação com o ano anterior (51,9 milhões de passageiros).

PMS – A Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) produz indicadores que possibilitam acompanhar o comportamento do setor de serviços, no qual o turismo está incluído. São acompanhadas cinco principais atividades: serviços prestados às famílias; serviços de informação e comunicação; serviços profissionais, administrativos e complementares; transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio; e outros serviços.

Fonte – Ministério do Turismo

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.