Turismo

Parceria vai ampliar a oferta de novos produtos turísticos e a promoção da Rota Caminhos Franciscanos

Acordo prevê a capacitação de pequenos negócios do Vale do Mucuri, além da criação de um núcleo de governança do destino.

O Sebrae Minas, prefeituras de Teófilo Otoni e Itambacuri, Diocese de Teófilo Otoni, Santuário Nossa Senhora dos Anjos, Sindicomércio (Teófilo Otoni) e Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL/Itambacuri) assinam, nesta sexta-feira (22/7), um acordo de cooperação técnica para a capacitação de pequenos negócios, estruturação de novos produtos e serviços turísticos, além da promoção da rota religiosa Caminhos Franciscanos. A parceria tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento do destino turístico religioso na região e a geração de emprego e renda no Vale do Mucuri.

Idealizada pelo Sebrae Minas, com apoio de parceiros locais, a rota de peregrinação religiosa possui 42 km e liga a Igreja de São Francisco de Assis, no Jardim das Acácias, em Teófilo Otoni, ao Santuário de Nossa Senhora dos Anjos, em Itambacuri. O trajeto é o mesmo feito pelos colonizadores franciscanos e oferece aos visitantes uma experiência de fé e espiritualidade que contempla a natureza, arte, história, arquitetura e a gastronomia local.

O acordo que será firmado, nesta semana, pretende dar seguimento ao desenvolvimento e a promoção da Rota Caminhos Franciscanos, por meio de uma gestão compartilhada com os parceiros locais e a criação de núcleo de governança, que dará direcionamento às estratégias de estruturação, gestão e divulgação do destino.

Cada parceiro terá suas responsabilidades para alavancar a rota no cenário do turismo nacional religioso. Além disso, o núcleo de governança vai definir o rumo das ações necessárias para tornar o destino mais atrativo e aumentar o fluxo turístico na região, e principalmente, colocando os Caminhos Franciscanos no mapa das rotas do turismo religioso no país”, explica o gerente do Sebrae Minas da Regional Mucuri e Jequitinhonha, Rogério Nunes.

O acordo também prevê medidas como a capacitação de pequenos negócios do destino com o objetivo de melhorar a gestão e qualificação dos serviços e produtos comercializados. Haverá ainda, a sinalização do trajeto, e ações de benchmarking entre os empreendedores e liderança da rota com outros destinos de referência, incentivando a troca de experiências e boas práticas.

“A expectativa é que essas capacitações qualifiquem e preparem os empreendedores para que possam oferecer serviços de qualidade aos turistas”, afirma Nunes.

Para dar mais visibilidade à rota, haverá ações de divulgação, como a promoção de eventos religiosos, criação de uma rede social para divulgar os atrativos do destino e de um site com informações e orientações para os turistas.

Fonte: Sebrae Minas

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Ipn5sNVqaDc7WwATXAwFsF

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.