Turismo

Selecionados dois projetos para concurso “Melhores Vilas Turísticas”no país

Iniciativas brasileiras vão representar o país na competição mundial promovida pela OMT.

O Ministério do Turismo selecionou as candidaturas que vão representar o Brasil no concurso global das Melhores Vilas Turísticas, realizado pela Organização Mundial do Turismo (OMT). A iniciativa identifica vilas que tenham adotado abordagens inovadoras e transformadoras para o turismo nas áreas rurais e que estejam alinhadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Os dois projetos escolhidos são: Vila Turística Comunitária dos pescadores e maricultores da praia da Cocanha e Vila de Paranapiacaba, ambas localizadas no estado de São Paulo. A Vila de Cocanha tem um modo de vida baseado principalmente na pesca, utilizando meios de produção e trabalho quase sempre de forma coletiva. A Vila trabalha de maneira ambientalmente responsável, utilizando os saberes culturais dos caiçaras do litoral brasileiro e a natureza exuberante e suas riquezas para conscientizar sobre a necessidade da preservação ambiental e para a continuidade dos fazeres originários que sustentam a identidade cultural de seu povo, enquanto gera complementação de renda.

Já a Vila de Paranapiacaba tem importante relevância para o turismo da região. A cidade é tombada pelas três instâncias de preservação brasileiras como um patrimônio cultural, possui diversos atrativos de turismo de natureza e de aventura, além de promover o patrimônio histórico e cultural ferroviário, por meio da revitalização dos museus da cidade. A vila também valoriza o fruto local cambuci a partir de feiras semanais e de um festival anual que conta com a participação de mais de 30 expositores e recebe milhares de visitantes.

Após a seleção interna de cada país, as candidaturas serão avaliadas por um Conselho Consultivo externo independente, composto por especialistas nas diferentes áreas com base nas nove áreas de avaliação que abrangem recursos naturais e culturais, bem como iniciativas nos três pilares da sustentabilidade (econômico, social e ambiental). O resultado do concurso será anunciado no final do ano.

SELEÇÃO – Para escolher os projetos o MTur levou em consideração três critérios: estar posicionado digitalmente e conseguir divulgar seus produtos turísticos; possuir ações de turismo de base comunitária ou produção associada a cadeias, como a de alimentos e de artesanato; dispor de um evento tradicional com visitação turística no calendário oficial.

O Brasil teve destaque na primeira edição do concurso, realizado no ano passado, e a Rota do Enxaimel (SC) foi escolhida como uma das melhores vilas turísticas do planeta.

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/HNKrVzu3YVh4MmiMDU2H4h

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.