Turismo

Trabalhadores do turismo contam com novo curso de língua inglesa do MTur

Ministro Gilson Machado Neto lança capacitação que usa o método “Would You Like” para aperfeiçoar a comunicação com estrangeiros, a partir de expressões básicas, e reforçar a atração de visitantes ao Brasil.

“Essa é uma ideia que vai virar a página do turismo no Brasil”. Foi o que enfatizou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, ao lançar nesta terça-feira (29.03), em Brasília (DF), o curso “Would You Like”, voltado à capacitação de operadores do setor em noções de língua inglesa. A qualificação, baseada no ensino de expressões básicas do idioma por meio de vídeos, permite que profissionais com baixa escolaridade aprimorem a comunicação junto a visitantes internacionais.

Desenvolvido pelo empresário Leonardo Leão, de Manaus (AM), presidente da Associação dos Operadores de Barcos de Turismo da Amazônia, e doado sem ônus, o método se destina a trabalhadores da linha de frente do atendimento a estrangeiros. O MTur já disponibiliza no YouTube vídeos de curta duração com as orientações, que também serão enviados ao mailing do Cadastur, o cadastro nacional de prestadores de serviços turísticos. (Acesse AQUI os vídeos)

O ministro Gilson Machado Neto elogiou o trabalho do idealizador da metodologia e previu avanços no posicionamento do país enquanto destino. “Léo, o país precisa de pessoas como você, que pensam fora da caixa. A partir do momento que o nosso funcionário tiver acesso a uma comunicação básica, isso vai gerar, sim, uma outra percepção no Tripadvisor ou no Booking, além de estimular cada vez mais turistas estrangeiros a virem ao nosso país”, afirmou.

Machado Neto acrescentou que a iniciativa reforça o potencial de regiões como a Amazônia. “Através de uma experiência que tive na Amazônia, tenho certeza de que o melhor lugar do mundo para turismo é a Amazônia brasileira. Não é à toa que o americano, quando vem no Brasil, ele basicamente quer a Amazônia hoje. Não tenho dúvida de que somos a bola da vez”, comentou, citando, ainda, a grande capacidade do turismo de gerar empregos e atrair investimentos.

Também presente, o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do MTur, Fábio Pinheiro, destacou o empenho da equipe para concretizar o curso. “O ministro Gilson chegou no Ministério no final de 2020 e nos deu uma missão: que nossas políticas e programas chegassem à ponta, ao operador de turismo. Estamos fazendo isso, transformando vidas por meio da capacitação, trazendo mais oportunidade, mais emprego e mais renda”, frisou.

O empresário Leonardo Leão elogiou a adoção do método. “A gente propôs isso ao ministro Gilson Machado Neto ainda como presidente da Embratur. Graças a este governo, que teve a ousadia de multiplicar essa ideia, tenho certeza de que isso vai mudar a vida de milhões de brasileiros. Então, eu queria aqui, ministro, agradecer imensamente a sua coragem, a desse governo e da Embratur”, declarou Leão.

Também participaram do evento desta terça-feira o secretário executivo do Ministério do Turismo, Marcos Pereira; o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Mauro Rabelo; o presidente da Embratur, Carlos Brito; e o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, entre outros representantes do MTur, da Embratur e do trade turístico nacional.

CATEGORIAS – O curso “Would You Like” tem como público-alvo categorias a exemplo de artesãos, garçons, comerciantes de rua de alimentos e bebidas, comerciantes de mercados municipais, condutores turísticos, condutores de turismo náutico, condutores de pesca esportiva, profissionais de Centros de Atendimento ao Turista (CATs), bugueiros, atendentes de quiosques de praia, taxistas, motoristas de aplicativos e funcionários de meios de hospedagem.

Durante a cerimônia, o vigilante Jonas Augusto Mendonça, que trabalha no edifício-sede do MTur em Brasília e já participa da qualificação, apontou vantagens do curso. “Pude aprender palavras novas, que poderão ser usadas quando eu recepcionar algum turista. Para trabalhar como vigilante, é primordial estar preparado para qualquer situação. Todos os vídeos trouxeram algo que vai aprimorar o meu inglês. Só tenho a agradecer”, celebrou.

OPORTUNIDADES – O lançamento da capacitação também busca ampliar a procura por outras qualificações profissionais já oferecidas gratuitamente pelo MTur, como os cursos de Atendimento ao Turista e de Gestor de Turismo, além de ações em parceria com institutos federais de educação. No último ano, o órgão atingiu a marca recorde de 34.864 pessoas qualificadas em mais de 90 cursos do tipo, número quase cinco vezes superior ao registrado em 2020.

Clique AQUI para conhecer a Política Nacional de Qualificação do Turismo e os cursos disponibilizados pelo MTur.

Fonte: Ministério do Turismo.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.