Minas Gerais

MPMG e PM realizam operação no Sul de Minas para combater grupo criminoso investigado por esquema de fraudes em empréstimos consignados

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – regional de Pouso Alegre, e a Polícia Militar (PMMG) deflagraram na manhã desta segunda-feira, 6 de junho, a Operação Crédito Fácil. A ação cumpre dois mandados de prisão temporária e oito de busca e apreensão para desarticular um grupo ligado a fraudes em empréstimos consignados, com prejuízos tanto a aposentados e pensionistas quanto a instituições financeiras.

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Pouso Alegre e Cássia, em Minas, e Franca, no estado de São Paulo.

De acordo com as apurações, os investigados, a partir do vazamento de bancos de dados do INSS, utilizavam cópias digitais dos documentos de aposentados e pensionistas para contratar empréstimos consignados. As investigações apontam que, para fraudar as instituições financeiras, eram utilizadas fotografias no estilo “selfie”, falsas, obtidas na internet.

O valor do prejuízo causado é estimado em mais de R$ 3 milhões.

Participaram da operação seis promotores de Justiça, integrantes dos Gaecos de Pouso Alegre, Passos, Varginha e Franca, quatro servidores do MPMG, além de 31 policiais militares de Minas Gerais e de São Paulo.

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp:

https://chat.whatsapp.com/Kw8glgN7LBV6viJLVheNmd

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.