Polícia

PCMG prende mãe por estupro de vulnerável da filha em Tumiritinga

Na quinta-feira (31/3), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, em Tumiritinga, na região do Rio Doce, uma mulher, de 25 anos, por estupro de vulnerável.

A criminosa estava foragida desde dezembro de 2021, quando o caso foi registrado por familiares da criança, de 10 anos. Na época, a Polícia Civil prendeu o companheiro da mulher, de 37, por abusar sexualmente da enteada. De acordo com o apurado pela PCMG, a mãe da vítima tinha conhecimento de que o companheiro abusava da filha dela, e nada fez para impedir a prática criminosa.

De acordo com as investigações, os abusos teriam começado quando a vítima tinha apenas quatro anos de idade, perdurando os abusos até dois dias antes de o crime ser registrado pela família da criança, em 16 de dezembro de 2021.

Segundo familiares, a menor relatou que, quando o padrasto não conseguia ter relações com ela, agredia a mãe dela, inclusive na presença da vítima. Além dos abusos, foi relatado que o suspeito fazia ameaças.

O homem, que foi preso no dia 23 de dezembro, permanece recolhido junto ao Sistema Prisional. Agora, a mãe da criança também foi presa em virtude de mandado de prisão.

O caso, que foi apurado pela Delegacia de Polícia Civil em Engenheiro Caldas, foi enviado à Justiça da Comarca de Tarumirim.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.