Minas Gerais

Estrada de acesso ao Parque Estadual do Ibitipoca ganhará calçamento

Serão investidos R$ 12 milhões nas obras, que vão facilitar a chegada de moradores e turistas à unidade de conservação, uma das mais visitadas do estado.

O governador Romeu Zema anunciou, neste sábado (4/6), o repasse da primeira parcela de R$ 9,64 milhões para o calçamento da estrada que liga o município de Lima Duarte, na Zona da Mata, ao distrito de Conceição do Ibitipoca, que dá acesso ao Parque Estadual do Ibitipoca, uma das unidades de conservação mais visitadas por turistas no estado. Ele esteve com parlamentares e representantes da prefeitura de Lima Duarte na Vila Mogol, na zona rural da cidade.

O convênio, celebrado por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) com a prefeitura de Lima Duarte, inclui o calçamento em piso intertravado de 12,9 quilômetros da LMG-871, além de drenagem pluvial, sinalização e alargamento de trechos da via. Atualmente, há diversos pontos de estrada de terra, muitas vezes íngremes, o que dificulta o acesso de turistas, moradores e produtores locais.

O governador Romeu Zema destacou que as intervenções vão facilitar a mobilidade, principalmente nos períodos chuvosos.

“Devido ao relevo da região, com as obras, os produtores passarão a ter um trânsito seguro o ano todo, e não mais somente em alguns períodos do ano, e também para que todas as atrações turísticas, como o Parque do Ibitipoca, um dos locais mais bonitos do estado e do Brasil, tragam mais visitantes, para que a região cresça e gere mais empregos”, observou.
 

Cristiano Machado / Imprensa MG

Durante as chuvas intensas que atingiram o estado em janeiro, moradores relataram dificuldades como danos e até mesmo o atolamento de veículos na estrada de terra.

“Quando chove, ficamos ilhados. Ninguém sobe, ninguém desce. Turistas vêm, quebram o carro e desanimam de voltar. Já ouvi relatos até de parentes que vieram e disseram que não dava pra ficar vindo diante das condições da estrada”, conta Cleydson Nascimento Rodrigues, proprietário de um bar em Conceição do Ibitipoca.

Há cinco anos no povoado, ele acrescenta que a precariedade da via afeta diversas esferas da vida dos moradores. “Eu já passei mal e tive que ir correndo de madrugada para um hospital em Lima Duarte, num percurso de uma hora que tomaria 20 minutos se a estrada estivesse boa”.

As obras estão orçadas em R$ 12.387.091,83, sendo R$ 12 milhões de recurso do tesouro estadual e R$ 387.091,83 de contrapartida do município. A primeira parcela, que teve o despacho assinado pelo governador durante o evento, será de R$ 9,64 milhões. A previsão é a de que os trabalhos sejam concluídos em 24 meses, após a ordem de início. As intervenções estão previstas para começar no segundo semestre de 2022, após processo licitatório que será feito pela prefeitura de Lima Duarte.

“Essa estrada é esperada há séculos pela população, e esse calçamento tem uma importância muito grande, principalmente para o trabalhador do dia a dia”, assegurou a prefeita Elenice Delgado.

Rede integrada de proteção

A colocação dos blocos na LMG-871 também foi comemorada por garantir a facilidade de deslocamento e a rapidez de acesso das viaturas policiais, bem como a preservação dos veículos. A atuação da segurança também será incrementada a partir de outro anúncio realizado neste sábado: a instalação da Rede Integrada de Proteção ao Turismo, uma patrulha rural encabeçada pela Polícia Militar, em consonância com órgãos estaduais e municipais, para garantir a segurança da população e preservação da região.

“Não tem como dinamizar a atividade turística sem segurança, e Minas Gerais se tornou o estado mais seguro do Brasil a partir dessa integração das forças de segurança”, apontou o governador.

O anúncio contou com a presença da secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento (Semad), Marília Melo, do subsecretário de Obras e Infraestrutura da Seinfra, Breno Longobucco, da subsecretária de Turismo da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), Ane Souza, do deputado federal Charlles Evangelista e dos deputados estaduais Noraldino Júnior, Coronel Sandro e Delegada Sheila.

Sobre o Ibitipoca

Localizado na Serra do Ibitipoca, uma ramificação da Serra da Mantiqueira, o Parque Estadual do Ibitipoca foi criado em 1973 e conta com uma área de 1.488 hectares, constituindo um importante divisor de águas das bacias dos rios Grande e Paraíba do Sul. O Pico do Ibitipoca está a 1.784 metros de altitude.

Com uma média anual de 90 mil visitantes, o parque é uma das mais reconhecidas áreas de preservação do Brasil, devido à relevância de seus atrativos turísticos, entre eles a cachoeira Janela do Céu e os Circuitos das Águas e do Pião.

Um conjunto de investimentos para fortalecer o turismo com capacitações e ações de promoção também está sendo oferecido para a região, visto que o Parque do Ibitipoca integra a Via Liberdade, maior rota turística e cultural do país, interligando localidades também dos estados do Rio de Janeiro, Goiás e do Distrito Federal, ao longo da BR-040.

Fonte: Agência Minas Gerais

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Kw8glgN7LBV6viJLVheNmd

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.