Divinópolis

Implantação de poços profundos em comunidades de Divinópolis beneficiará 640 famílias

Obras, que vão ampliar a disponibilidade de água potável, já tiveram início; expectativa é beneficiar mais 44 municípios até o fim do ano.

Governo de Minas deu início, nesta quinta-feira (31/3), à perfuração de poços tubulares profundos no município de Divinópolis, região Central do Estado. As obras fazem parte das ações e programas de saneamento desenvolvidos pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e pretendem ampliar a disponibilidade de água potável para os moradores das localidades de Perobas e Córrego do Paiol, beneficiando cerca de 640 famílias.

A perfuração dos poços em Divinópolis reforçará o acesso de comunidades rurais à água potável de qualidade, fortalecendo a política de abastecimento de água no estado. O trabalho de perfuração em Divinópolis teve início na comunidade de Córrego do Paiol, onde serão realizados os primeiros testes de vazão e de qualidade da água para, posteriormente, serem instalados o reservatório e redes adutoras e de distribuição que irão atender à localidade.

Divinópolis foi o 17º município mineiro a ser contemplado pelo programa, que já teve as obras iniciadas em Moeda, Ouro Branco, Diogo de Vasconcelos, Capela Nova, Ponte Nova, Bom Jesus do Amparo, Antônio Dias, São José do Goiabal, Pocrane, Braúnas, Nepomuceno, Carmo do Cajuru, Varzelândia, São João das Missões e Carbonita. A expectativa é de que até o final do ano, 44 municípios recebam a perfuração de poços tubulares profundos.

A ação tem como foco principal trazer melhoria na qualidade de vida das populações rurais e corrigir o déficit em sistemas de abastecimento de água.

Água de qualidade

O Programa de Implantação dos Sistemas de Abastecimento de Água é realizado em parceria com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), por Termo de Cooperação Técnica, e prevê a perfuração de cem poços tubulares em todo estado de Minas Gerais. “A ação promovida pela Semad tem como foco principal caminhar junto às diretrizes do novo Marco Legal do Saneamento, de forma a subsidiar ações que garantam o acesso à água potável em comunidades rurais de Minas, elevando significativamente os índices de abastecimento”, frisou a superintendente de Saneamento Lilia Castro.

Para o subsecretário de Gestão Ambiental e Saneamento, Rodrigo Franco, a ação é de suma importância, pois irá fortalecer diretamente cerca de 420 locais com acesso à água potável de qualidade na comunidade rural córrego do Paiol. “É fundamental esse investimento em soluções técnicas de captação de água subterrânea para abastecimento das comunidades rurais em Minas Gerais”, disse.

O convênio entre Semad e Copasa teve início em 2020 com a assinatura de  termo de cooperação técnica entre os dois órgãos. A partir da parceria, foi desenvolvido o Edital Semad 001/2020, que contou com a inscrição de cerca de 400 municípios do Estado, dos quais 44 atenderam os critérios técnicos previstos no edital sendo contemplados para a perfuração de poços tubulares profundos, ação que visa reforçar o abastecimento de água em comunidades carentes dos municípios mineiros.

O acompanhamento do início das atividades no município contou com a presença do subsecretário de Gestão Ambiental e Saneamento, Rodrigo Franco; do diretor de Abastecimento de Água e Esgoto, Kleynner Lopes; da superintendente de Saneamento Básico Lilia Castro, ambos da Semad, e do prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo.

Fonte: Agência Minas.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.