Minas Gerais

MPMG recomenda suspensão da venda de sacolas plásticas em supermercados de Poços de Caldas

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) recomendou à Associação Mineira de Supermercados de Poços de Caldas a imediata suspensão da venda de sacolas de plástico pelos supermercados da cidade. Também foi instaurada Investigação Preliminar para apurar violação a direitos dos consumidores e à ordem econômica.

O MPMG recebeu reclamações dos consumidores relativamente à questão do não fornecimento gratuito de sacolinhas de plástico para levarem suas compras, nos supermercados e estabelecimentos similares na cidade. A Recomendação, da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Poços de Caldas, aponta que diversos estabelecimentos comerciais estão cobrando valor acima do preço de custo acrescido de impostos dos consumidores e/ou não estão disponibilizando outros meios para que os mesmos possam levar suas compras e/ou não estão informando-os de maneira adequada sobre tal opção ou o valor das sacolinhas.

A medida vale até que a questão do fornecimento gratuito das sacolinhas seja melhor debatida e a Investigação Preliminar seja finalizada.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Kw8glgN7LBV6viJLVheNmd

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.