Minas Gerais

MPMG terá novo data center para garantir mais eficiência e segurança aos dados digitais

O equipamento tecnológico chegou a Belo Horizonte no último sábado, 30 de julho. A previsão é que comece a funcionar em dezembro de 2022.

Com o objetivo de suprir a necessidade de melhoria na qualidade dos serviços e garantir maior segurança no armazenamento e processamento de dados digitais e informações, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) adquiriu um novo data center modular outdoor. A nova estrutura tecnológica foi desenvolvida por uma empresa em Mococa, no Estado de São Paulo, e chegou a Belo Horizonte nesse sábado, 30 de julho.

O container contempla toda a infraestrutura de rede necessária, como ar condicionado, no break, grupo motor gerador, painéis de energia elétrica, cabeamento, 12 racks onde os equipamentos serão alocados e diversos dispositivos de segurança.  

BH_EntrgaDataCenter_NOTICIA03_CamilaSoares_IMG_8369 _3_.jpg

O data center possui 17 metros de comprimento, com 3,20 metros de altura por 3,10 de largura e pesa 28 toneladas.

De acordo com o superintendente de Tecnologia da Informação da Superintendência de Tecnologia e Informação (STI) do MPMG, Daniel Carnevalli, o novo data center será projetado para promover mais segurança e agilidade para os dados do Ministério Público. “O antigo data center tem mais de 10 anos e está instalado no prédio onde funciona a Ouvidoria do MPMG. Os equipamentos estão necessitando de troca. O novo centro de dados é 50% maior que o anterior. Iremos, também, realizar um processo licitatório para adquirirmos um colocation, o que significa que toda a infraestrutura básica necessária para realizar operações e instalações de servidores será fornecida por uma empresa. Assim, teremos mais segurança para fazer a transferência quando o antigo data center for desmontado. Iremos transferir para esse colocation e, em seguida, vamos duplicar e fazer uma redundância de informações, interligando ambos. Dessa forma, teremos uma nuvem privada, a nuvem institucional do MPMG”, explicou.

Ainda de acordo com Daniel Carnevalli, a nova estrutura vem suprir a demanda crescente da Instituição ao longo de mais de uma década. “Até então, tínhamos um único data center. Se acontecesse qualquer problema, perdia-se tudo. A partir de agora, vamos duplicar e ter um aparato tecnológico mais seguro e confiável para a manutenção e fornecimento de serviços de tecnologia da informação”, disse.

O coordenador da Superintendência da STI e da Secretaria de Assuntos Internacionais do MPMG, procurador de Justiça Eduardo Henrique Soares Machado, destacou que o novo data center cumpre todos os padrões nacionais e internacionais de segurança. “O novo aparato tem a capacidade de potencializar o crescimento do Ministério Público. Estamos dando o primeiro passo para a nova estrutura da tecnologia da informação do MPMG”, acrescentou.

O procurador-geral de Justiça Jarbas Soares afirmou que um dos grandes desafios das instituições, hoje, é acompanhar o avanço tecnológico. “Estamos fazendo todos os investimentos necessários para evoluir e melhorar. A chegada do data center é mais um passo no sentido de atender as necessidades da classe e da sociedade. Menos custos, mais eficiência”, disse.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/CruvAj6b2W7HKINFZ720d9

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.