Minas Gerais

MPMG denuncia torcedor da Galoucura por homicídio de integrante da Máfia Azul

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) ofereceu Denúncia contra Y.R.P.O. pelo homicídio qualificado de R.M.C.A. no dia 6 de março, em Belo Horizonte. O denunciado era integrante da torcida organizada Galoucura e atirou contra a vítima num confronto com a Máfia Azul, antes do jogo entre Atlético e Cruzeiro. O denunciado também atingiu a vítima P.H.F, que sofreu lesões corporais. 

Segundo a Denúncia, integrantes da Galoucura Zona Leste combinaram um encontro no bairro Boa Vista, antes do jogo entre Atlético e Cruzeiro, que aconteceria no Mineirão. Nas proximidades do local do encontro, havia uma distribuidora de bebidas, onde os torcedores compravam bebidas e conversavam. Por volta das 11 horas, um grupo de torcedores da Máfia Azul chegou ao local, atirando pedras, porretes, pedaços de pau e artefatos explosivos artesanais contra os torcedores atleticanos, que revidaram nos mesmos moldes, criando uma briga generalizada. Y.R.P.O. sacou arma de fogo que portava ilegalmente e atirou contra a torcida rival, matando R.M.C.A. e atingindo P.H.F. Após os crimes, ele ainda apontou a arma novamente em direção a outros torcedores rivais, sendo impedido pelos colegas de torcida de atirar novamente. 

A Denúncia considerou que os crimes contra R.M.C.A. e P.H.F. foram cometidos por motivo torpe e podem ser definidos como crimes de ódio, praticados com recurso que dificultou a defesa das vítimas, que não poderiam esperar que houvesse uso de armas de fogo por integrantes da torcida rival. A pena pode chegar a 30 anos de reclusão.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Ipn5sNVqaDc7WwATXAwFsF

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.