Minas Gerais

Procon-MG multa empresa por falta de informação na cobrança de taxa de conveniência na venda de ingressos on-line

A falta de informação clara sobre a cobrança da taxa de conveniência sobre a venda de ingressos on-line levou o Procon-MG a multar a T4F Entretenimento S.A. em R$ 532 mil, além da suspensão imediata da prática abusiva.

De acordo com decisão do Superior Tribunal de Justiça, a cobrança de taxa de conveniência na venda de ingressos pela internet somente se houver descumprimento do dever se informação na fase pré-contratual. No caso que levou à Decisão Administrativa do Procon-MG, a fornecedora não informou o preço total da aquisição dos ingressos, com destaque do valor da taxa de conveniência.

A própria fornecedora reconheceu, em suas alegações finais, que a informação sobre a cobrança está no item “Termos e condições” e não no preço proposto ao consumidor. A ausência da informação, segundo o Procon-MG, interfere no processo de livre escolha do consumidor.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Kw8glgN7LBV6viJLVheNmd

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.