Polícia

Polícia Federal deflagra Operação Pústula para combater divulgação de pornografia infantil

PF investiga o envolvimento de um empresário e de um estudante, suspeitos de armazenarem imagens de abusos sexuais contra crianças.

Recife/PE – A Polícia Federal deflagrou hoje (30/3) a Operação Pústula, com o objetivo de investigar dois envolvidos de armazenamento e distribuição de material pornográfico com imagens de crianças e adolescentes.

Foi dado cumprimento a dois mandados de Busca e Apreensão, na cidade Caruaru/PE. As buscas foram realizadas na residência de um estudante e de um empresário.  Na ação, foram apreendidos um aparelho celular, quatro discos rígidos e duas mídias.

A operação é decorrente de investigação policial fundamentada em notícia crime apresentada à Polícia Federal em Brasília/DF por diversos organismos internacionais de combate a pornografia (INTERPOL Berne-Suisss, National Center for Missing & Exploited Children). Essa Organização relatou, por meio de relatórios, a publicação, em redes sociais, de imagens e vídeos envolvendo crianças ou adolescentes em cenas de pornografia.

 Após a constatação, os endereços informados pelos provedores de internet situavam-se no Município de Caruaru/PE. Após diligências, restou identificado as residências dos investigados, os quais foram alvos das medidas judiciais.

O material apreendido passará por uma perícia técnica, a fim de subsidiar as investigações, que estão em andamento. Os investigados prestarão esclarecimentos ainda hoje na Delegacia da Polícia Federal, em Caruaru/PE.

Os envolvidos poderão responder pelos crimes de armazenamento e de distribuição de material pornográfico, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. Em caso de condenação, as penas podem alcançar até 6 anos de anos de reclusão.

Fonte: Polícia Federal.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.