Minas Gerais

MPMG investiga falsidade ideológica e fraude em licitação no município de São Bento Abade, no Sul do estado

Mandados de busca e apreensão e de prisão foram cumpridos. Uma pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), deflagrou na manhã desta quarta-feira, 1º de junho, a Operação Laranja Mecânica, que busca combater os crimes de falsidade ideológica e fraude em licitação no município de São Bento Abade, comarca de Três Corações. O MPMG apura esquema de fraude em procedimentos licitatórios por intermédio do uso de documentos falsos e “laranjas”.

Cinco mandados de busca e apreensão e um de prisão foram cumpridos. Uma pessoa foi presa por porte ilegal de arma de fogo.

Conforme o Gaeco, até o momento cinco pessoas estão sendo investigadas. A licitação, de acordo com as investigações, seria para o fornecimento de mão de obra. O MPMG apura se há participação de pessoas ligadas à prefeitura municipal de São Bento Abade.

Os valores referentes às possíveis fraudes ainda estão sendo levantados.

A operação foi conduzida pela Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), núcleo Varginha, e pelo promotor de Justiça da 3ª Promotoria de Justiça de Três Corações, com apoio das Polícias Civil e Militar.

operacao laranja mecanica.jpg

Participaram das diligências três promotores de Justiça, quatro servidores do MPMG, 20 policiais militares e cinco policiais civis.

Segundo o MPMG, as investigações prosseguem.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/Kw8glgN7LBV6viJLVheNmd

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.