Divinópolis

Despesas com funcionários da Prefeitura de Divinópolis, incluindo encargos sociais, ficam em 33% da receita corrente no primeiro semestre

A Prefeitura de Divinópolis publicou na edição desta sexta-feira (29) o relatório resumido da execução orçamentária, com o resultado primário do primeiro semestre de 2022. O resultado primário indica se os níveis de gastos orçamentários são compatíveis com a arrecadação. O seu resultado é obtido pela diferença entre as Receitas Primárias e as Despesas Primárias.

De acordo com o relatório, as receitas correntes da Prefeitura atingiram R$ 442.787.734,36 no primeiro semestre, enquanto as despesas pagas foram de R$ 315.553.643,61. A previsão de receitas orçamentárias até o final do ano foi atualizada para R$ 737,9 milhões, enquanto a despesa pode chegar a R$ 749 milhões.

A Prefeitura já arrecadou com impostos esse ano R$ 39.435.488,12, com expectativa até o final do ano de uma arrecadação total de R$ 195,5 milhões. O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) representou uma receita no período de R$ 39,4 milhões, seguido do Imposto Sobre Serviços (ISS), com R$ 34,7 milhões. A precisão de arrecadação com o IPTU até o final do ano é de R$ 56,7 milhões, enquanto o ISS poderá atingir a R$ 61 milhões.

TRANSFERÊNCIAS

Entre os recursos recebidos pela Prefeitura por transferência dos governos federal e estadual, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), representou uma receita de R$ 51,9 milhões, enquanto o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) atingiu uma receita de 53,9 milhões. Até o final do ano, o FPM deverá representar uma receita de R$ 92 milhões, enquanto o ICMS deve atingir a R$ 100,4 milhões.

No primeiro semestre, o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) representou uma receita de 29,6 milhões para os cofres do município.

FOLHA DE PAGAMENTO

De acordo com o relatório, a Prefeitura pagou no primeiro semestre R$ 148.522.800,38 para cobrir a folha de pagamento dos servidores, incluindo os encargos sociais. Esse gasto significa 33,54% da receita corrente obtida nos resultados primários do primeiro semestre, muito abaixo do limite legal permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 54%.

Fonte: Sintram Centro Oeste/MG

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/CruvAj6b2W7HKINFZ720d9

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.